As críticas fazem parte do cotidiano de todo agente político, afirma Elias Lagos pré-candidato a Prefeito de Itaporanga

Seguindo a série de entrevistas aos pré-candidatos a prefeito de nossa região, esta semana a nossa equipe de reportagem entrevistou Elias Alves Lagos, filiado ao PR (Partido da República) e que concorrerá ao cargo de Prefeito nas eleições de 2016.

O anuncio da pré-candidatura foi feito pelo Diretório Municipal do Partido em Itaporanga na segunda-feira (02). Elias atualmente é presidente da Câmara de Vereadores e é a primeira vez que concorrerá ao cargo de prefeito na cidade.

Gazeta- Porque você entrou para a vida política?
Elias- Desde muito jovem, acreditei que poderia contribuir com meu município, além do meu trabalho como cidadão comum, percebi que a maneira de realizar isto seria através da política pública, com o incentivo do meu grande amigo, o saudoso prefeito Hernani Camargo entrei para vida pública e agora tenho a grande oportunidade de fazer mais por Itaporanga.

Gazeta- A seu ver qual a principal dificuldade de nossa cidade hoje?
Elias- Temos grandes dificuldades em nossa cidade hoje, como em todas as cidades do Brasil, e estas dificuldades foram ainda mais aprofundadas pela crise financeira e política instaurada no Brasil, que teve como consequência diminuição dos recursos financeiros repassados às Prefeituras. Em Itaporanga, em razão desta crise, estamos com dificuldades maiores na distribuição de medicamentos, na iluminação pública e pavimentação asfáltica, além de outras que ocorrem no dia a dia.

Gazeta- O que você pode dizer da sua experiência política?
Elias- Nestes últimos anos, tenho me dedicado com mais afinco ao estudo da política pública e também com minha atuação na presidência da Câmara de Vereadores, a primeira coisa que aprendi foi que devemos agir com respeito ao cidadão, respeito ao dinheiro e ao patrimônio público e dar publicidade de seus atos. O prefeito de uma cidade não governa sozinho, deve atender a Constituição Brasileira, as Leis e atentar para o Tribunal de Contas e ao Ministério Público.

Gazeta- Como você lida com as críticas?
Elias- As críticas fazem parte do cotidiano de todo agente político, no meu caso, observo cada uma com peculiaridade, devemos observar se são críticas construtivas ou aquelas que são realizadas por pessoas que não tiveram seus interesses particulares atendidos. Estou preparado para as críticas, elas me ajudam a crescer como cidadão e homem público.

Gazeta- Qual a maior lição que você aprendeu nestes anos de política?
Elias- Que devemos realizar políticas públicas sempre para o interesse comum, aquele que atende o maior número de cidadãos, em especial aqueles menos favorecidos.

Gazeta- Quais suas considerações finais?
Elias- Em primeiro lugar, agradecer este veículo de comunicação pela oportunidade concedida, e, dizer que me sinto pronto para servir esta cidade, com humildade, mais próximo da população, com pulso firme, com respeito ao cidadão e ao dinheiro público, cercado por pessoas capazes de “gente que faz”, e com isso implantar o meu jeito de governar.

O Partido da República em Itaporanga tem participado ativamente da política municipal, dentre os ilustres filiados teve o ex-prefeito Hernani Camargo (em-memória), e ainda hoje segue seus preceitos como transparência, respeito ao cidadão e aos recursos públicos. Atualmente o PR é base de sustentação da administração do prefeito Zé do Nute, por entender ser ele um político sério, que apesar da crise financeira instaurada no Brasil, vem conseguindo manter os compromissos financeiros da Prefeitura em dia, inclusive com investimentos importantes como aquisições e obras diversas.

 

 




Comments on Facebook